DIFICULDADES NO APRENDIZADO DE MATEMÁTICA: PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ANITA GARIBALDI

Mariana Oliveira Pucci, Ana Teresa Goulart, Nicolle Gomes Godoy, Sadi Ricardo da Silva Bastos

Resumo


Não é raro alunos com dificuldades na aprendizagem da matemática, principalmente, nos anos finais do ensino fundamental. Há muito tempo a matemática ocupa o posto de disciplina considerada mais difícil entre muitos estudantes, o que torna mais complicado sua assimilação pelos mesmos. A partir desse contexto, torna-se imperioso compreender, o que leva os estudantes a terem essas dificuldades? E quais são elas? Este estudo tem como objetivo investigar as principais fragilidades na aprendizagem da matemática enfrentadas por estudantes do 9° ano do ensino fundamental em escolas públicas estaduais, do município de Anita Garibaldi/SC. Esta pesquisa caracteriza-se do tipo exploratória descritiva, os sujeitos da pesquisa são alunos do 9° ano do ensino fundamental e professores de matemática de escolas públicas estaduais, da cidade de Anita Garibaldi/SC. As técnicas para a coleta de dados são: um questionário aplicado aos alunos, entrevista semiestruturada para os professores e observação participante em sala de aula. A análise de dados foi feita a partir de abordagem quantiqualitativa.


Palavras-chave


Dificuldades na aprendizagem da Matemática. Variáveis da Matemática. Matemática e cotidiano.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Cinthia Soeres de. Dificuldades de aprendizagem em Matemática e a percepção dos professores em relação a fatores associados ao insucesso nesta área. 2006. 13 f. Monografia (Graduação em Matemática) - Universidade Católica de Brasília – UCB, Brasília, 2006. Disponível em:

. Acesso em: 15 abr. 2013.

BELFORT, Elizabeth. Discutindo práticas em matemática. Secretaria de Educação à Distância. Ministério da Educação – MEC. Boletim 13. 2006. Disponível em:

. Acesso em: 16 jun. 2013.

BOYER, Carl Benjamin. História da Matemática. São Paulo: Edgard Blücher, 1974.

BOYER, Carl B. História da Matemática. 2. ed. SP. Edgard Blucher, 2003.

CHAVES, Walmer Monteiro. A importância da motivação na participação dos alunos nas aulas de Educação Física. In: EnFEFE – ENCONTRO FLUMINENSES DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, I, 1996, Niterói – RJ. Anais... Niterói: EnFEFE, 1996. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2013.

COLLARES, Cecilia Azevedo Lima. Ajudando a Desmistificar o Fracasso Escolar. 1982. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2013.

COSTA, Jaqueline de Oliveira. A Relação entre a matemática escolar e a matemática cotidiana a luz da abordagem histórico-cultural. 2005, 62 f. Monografia (Especialização em Educação Matemática) – Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma, 2005. Disponível em: . Acesso em: 04 mar. 2013.

CRUZ, Mariana. Como lidar com alunos indisciplinados. 2010. Disponível em:

. Acesso em: 13 jun. 2013.

DUARTE. N. Educação escolar, teoria do cotidiano e a escola de Vygotsky. São Paulo, Autores Associados, Editora; 1999.

FÓRMULA DE BHASKARA. Brasil Escola. (s.d.). Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2018.

GOMES, Maria Laura Magalhães. Em favor de um diálogo entre a história da educação matemática e as práticas educativas em matemática. 2003. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2018.

GUELLI, Oscar. A Invenção dos Números. 9 ed. São Paulo: Ática, 2001.

LARKIN, J. H. Processing information for effective problem solving. Engineering Education. v. 70, n. 3, p. 285-288, dez. 1979.

MORALES, Cintia et al. Uma História da Educação Matemática no Brasil Através de Livros Didáticos de Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental. Jaboticabal: Faculdade de Educação São Luís, 2003.

MOURA, Graziella Ribeiro Soares. Crianças com dificuldades em resolução de problemas matemáticos: avaliação de um programa de intervenção. 2007, 159 f. Tese (Doutorado em Educação do Indivíduo Especial) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007. Disponível em:

. Acesso em: 14 jun. 2013.

OLIVEIRA, Antônio Marmo; SILVA, Agostinho. Lisa – Biblioteca da Matemática Moderna. 4. ed. São Paulo: Lisa 1971.

REIS, Leonardo Rodrigues dos. Rejeição à matemática: causas e formas de intervenção. 2005. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2013.

RODRIGUES, Lindomar Campos. A Problemática do aluno não entender matemática, está na matemática ou na língua portuguesa?. Revista Eletrônica Interdisciplinar, v. 05, p. 01, 2010.

RODRIGUES, Luciano Lima. A matemática ensinada na escola e a sua relação com o cotidiano. Universidade Católica de Brasília, 2004. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2013.

SANTOS, Josiel Almeida; FRANÇA, Kleber Vieira; SANTOS, Lúcia Silveira Brum dos. Dificuldades na Aprendizagem de Matemática. 2007, 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Matemática) – Universidade Adventista de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2013.

SCARLASSARI, Nathalia Tornisiello. Dificuldades dos alunos do ensino fundamental, em álgebra, e suas possíveis origens. In: CONGRESSO INTERNO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNICAMP, IX, Unicamp, São Paulo 2001. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2013.

SILVA, Elisângela Cristina da. Trigonometria: origem, aplicações e ensino. 2004. 35 f. Monografia (Especialização em Matemática) – Universidade do Planalto Catarinense - Uniplac. Lages, 2004.

SILVA, Simone. Trabalho infantil, uma realidade: Crianças deixam escola para exercer atividades que complementem renda familiar. Revelação On Line. n. 4, 25 de abril de 2002. Disponível em:

. Acesso em: 12 abr. 2013.

TONCHIS, Luiz Claudio. Violência na escola e suas consequências. GGN O Jornal de todos os brasis. 26 de fevereiro de 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2013.

TRAVASSOS, Luiz Carlos Panisset. Inteligências múltiplas. Revista de Biologia e Ciência da Terra. v. 1, n. 2, 2001. Disponível em:

. Acesso em: 14 jun. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1677-1591 (versão impressa) e ISSN 1677-5716 (versão on-line).